Por que “Hipermoderno”?

A verdade é que não sei. Gosto do nome, mesmo que, por vezes, ele aponte para direções estranhas. Acredito que, talvez, a inspiração para o nome tenha surgido devido ao fato de que venho estudando algo do ser “Hipermoderno” nos últimos anos.

Creio que ser hipermoderno tenha a ver com a nossa experiência de viver estes dias. A hipermodernidade é, sobretudo, a profusão da experimentação de um mundo mais e mais complexo, acelerado e, porque não, que nos provoca à experimentação.

Provavelmente é a experimentação que me estimula a criar um espaço de conversação, de exposição e,  claro, interação – por isso a escolha por um blog que, na medida do possível, será alimentado com algumas reflexões, impressões e idéias essencialmente sobre a interconexões entre cultura, comunicação e hipertecnologias.

Afinal, alterados o peso e a significação da cultura, nos resta observar como esta se fragmenta, transforma e se reinsere em nossas vidas.

Bem, é isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.